O Ministro do Governo Bolsonaro Paulo Guedes numa atitude desastrosa tentou ajudar o Presidente, nesta quinta-feira (5), dizendo para uma plateia de cerca de 600 empresários que a primeira-dama da França, Brigitte Macron “é feia mesmo”.

 O que vejo nos jornais é que ele xingou a [Michelle] Bachelet, que chamou a mulher do [presidente Emmanuel] Macron de feia.

- É feia mesmo, não é nenhuma mentira.

Sob risos da plateia, acrescentou:

- Não existe mulher feia. O que existe é mulher vista pelo ângulo ruim.

Parece surreal, mais foi verdade. Achar que isto seja engraçado ou algo correto, vindo de pessoas que cursaram nos melhores colégios e tiveram as melhores oportunidades é inconcebível ser aceito.

A França pode com uma única atitude estimular a redução das exportações do país, afetando toda a cadeia produtiva brasileira e quem pagará o maior preço deste destempero governamental será o agronegócio.

Nossos agentes públicos precisam medir mais as palavras, passar ser mais zelosos na maneira com que tratam outras nações se desejarmos trilhar o caminho do desenvolvimento.