Um sorriso que vale ouro.

O site MSN publicou matéria onde afirma que o Deputado Federal Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP), gastou uma pequena bagatela para tornar seu sorriso mais “Colgate”.

Segundo o Site, foram gastos no tratamento odontológico R$ 157.000,00 (CENTO E CINQUENTA E SETE MIL REAIS), pois precisava corrigir um problema de articulação na mandíbula e reconstruir o sorriso com coroas e implantes na boca.

Quem achou isto um absurdo, peguem seus lenços e comecem a enxugar as lágrimas, pois tem mais.

Segundo a mesma reportagem, todo Deputado tem um plano médico ligado à Caixa Econômica Federal. Tanto despesas com serviços médicos quanto odontológicos podem ser reembolsadas. Desde 2013 é autorizado automaticamente despesas de até R$ 50.000,00.

Nesta brincadeira em 2018 foram desembolsados R$ 8.000.000,00 (OITO MILHÕES DE REAIS) aos parlamentares.

Apesar de reconhecer que o valor do tratamento ficou um pouco fora dos padrões, disse o Deputado à reportagem que “Não há crime”. Temos que concordar com o Deputado nesta sua colocação, embora não seja crime, moralmente isso fere o cidadão que paga seus impostos, acorda de madrugada para ir trabalhar e não possui nenhum desses benefícios “Plano médico e Odontológico”, digno de países de primeiro mundo.

Veja matéria completa MSN