O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 3ª feira (20.out.2020) que deseja ir a eventual posse de reeleição do presidente norte-americano, Donald Trump. O mandatário dos Estados Unidos está atrás de seu adversário, o democrata Joe Biden, de acordo com as pesquisas eleitorais dos EUA.

© Sergio Lima/Poder360 Presidente Jair Bolsonaro aperta a mão do conselheiro de Segurança dos EUA, Robert O'Brien, em cerimônia no Palácio do Itamaraty em Brasília

“Espero, se essa for a vontade de Deus, comparecer à posse do presidente brevemente reeleito nos Estados Unidos. Não preciso esconder isso, é do coração. Não interfiro [nas eleições], mas é do coração e pelo respeito que eu tenho pelo povo americano e pela consideração que Donald Trump teve para conosco”, afirmou Bolsonaro.

Pesquisa Washington Post/ABC News mostrou que Joe Biden está 12 pontos percentuais à frente de Trump na disputa pela Presidência do país. O democrata tem 54% das intenções de voto, contra 42% do republicano.

Bolsonaro fez a declaração durante a cerimônia de assinatura de 1 acordo entre seu governo e o Exim Bank (Banco de Exportações e Importações dos EUA). O evento foi realizado no Palácio do Itamaraty, em Brasília, e reuniu, além do presidente Jair Bolsonaro; o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; o conselheiro de Segurança dos EUA, Robert O’Brien; o ministro da Economia, Paulo Guedes; e a presidente do Exim Bank, Kimberly Reed.

O’Brien elogiou a relação entre o Brasil e os EUA. “Hoje nossas nações estão mais próximas que nunca. Eu não acredito que nós nunca tivemos uma relação melhor com o Brasil da que os Estados Unidos têm hoje”.

Por PODER 360 - Mateus Maia