O congressista Eliot Engel, presidente do Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, disparou contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) na noite desta segunda-feira (27).

Após o filho do presidente Jair Bolsonaro postar um vídeo em apoio ao candidato republicano Donald Trump, nas eleições presidenciais dos EUA, Eliot Engel criticou o político brasileiro.

Clique AQUI e assista o vídeo

"Nós já vimos essa tática antes. Ela é vergonha e inaceitável. A família Bolsonaro precisa ficar fora das eleições dos Estados Unidos", afirmou Eliot Engel. As declarações foram reproduzidas pelo Twitter oficial do Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos.

O vídeo foi postado por Eduardo Bolsonaro na noite desse domingo (26), também no Twitter. O material traz Donald Trump cercado de apoiadores, critica opositores que o chamam de racista e evidencia títulos de matérias jornalísticas favoráveis ao presidente dos EUA, principalmente na esfera econômica. O vídeo também mostra o encontro de Trump com Bolsonaro e Kim Jong-um, líder da Coreia do Norte. Desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência, o Brasil tem se aproximado diplomaticamente dos EUA.

Essa não é a primeira vez que ramificações da Câmara dos Deputados dos EUA se manifestam contra a relação entre Trump e Bolsonaro.

Em junho, o Comitê de Assuntos Tributários se posicionou contra aos planos de Trump de negociar acordos econômicos com o Brasil. As justificativas foram as gestões do governo federal em duas frentes: direitos humanos e meio ambiente.

“O aprimoramento do relacionamento econômico entre os EUA e o Brasil, neste momento, iria minar os esforços dos defensores dos direitos humanos, trabalhistas e ambientais brasileiros para promover o estado de direito e proteger e preservar comunidades marginalizadas", escreveu, em carta, o também democrata Richard Neal à época, presidente do Comitê de Assuntos Tributários.

Por CORREIO BRAZILIENSE – Estado de Minas