O ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti (PP-PE) morreu na manhã desta 4ª feira (15.jul.2020), aos 89 anos, em seu apartamento no bairro de Boa Viagem, Recife. A causa da morte não foi divulgada.

O enterro está previsto para a tarde do mesmo dia, às 15h, em João Alfredo (PE), sua cidade natal. Cavalcanti foi prefeito do município.

Na política, também foi 7 vezes deputado estadual e 3 federal.

Renunciou ao mandato no Congresso em 2005, quando presidia a Câmara, para evitar uma cassação. Estava envolvido no escândalo que ficou conhecido como “mensalinho”. Foi acusado de cobrar propina de R$ 10 mil por mês do dono de 1 dos restaurantes da Câmara. Ficou de fevereiro a setembro no cargo

Por: PODER 360.