Martha Rocha, eleita a primeira Miss Brasil em 1954, morreu de insuficiência respiratória seguida por um infarto no último sábado 5, em Niterói (RJ), revelou um de seus filhos ao portal G1 neste domingo 5. Ela tinha 83 anos.

“A vida dela foi muito sofrida nos últimos anos, ela estava acamada há muito tempo e não conseguia andar. Morreu sem muito sofrimento. Ela já estava cansada. Rodeado de pessoas que cuidavam dela. Esses últimos meses a gente só se falava através de contatos telefônicos. Sinto falta da minha mãe, mas ela descansou”, disse o filho Alvaro Piano. Ainda segundo o filho, Martha, nascida em Salvador (BA), foi enterrada neste domingo no Cemitério no Santíssimo Sacramento, em Niterói. 

© Domínio Público/Domínio Público Martha Rocha desfilando nos EUA, em 1954: não é verdade que ela perdeu o concurso por ter duas polegadas a mais nos quadris

No mesmo ano em que venceu o Miss Brasil, Martha também fez história ao ficar em segundo lugar no concurso de Miss Universo, atrás somente da americana Miriam Stevenson. Na época, deu-se início à lenda de que ela teria perdido o título por “duas polegadas” a mais no quadril – versão que ela própria sempre desmentiu. 

Continua após a publicidade

Martha teve dois filhos com o banqueiro português Álvaro Piano, que morreu em um desastre de avião. Aos 23 anos, de volta ao Brasil, se casou com Ronaldo Xavier de Lima e teve outra filha, a artista plástica Claudia Xavier de Lima.

Pelas redes sociais, Martha disse que em 1995 seu cunhado, Jorge Piano, teria roubado todo o seu dinheiro e que superou seus problemas com a ajuda dos filhos e de duas amigas, além do “trabalho honrado vendendo quatros pintados por mim”.  Em outra publicação, Martha afirma que estava em dificuldades financeiras, vivendo num lar de idosos em Volta Redonda, no Sul Fluminense.