© Sérgio Lima/Poder360 22.04.2020 O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, determinou o fechamento após ataques nas redes sociais e tentativa de bolsonaristas de invadir o Congresso

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), assinou decreto que determina o fechamento completo da Esplanada dos Ministérios neste domingo (14.jun.2020). O documento (íntegra – 71KB) foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal na noite de sábado (13.jun.2020).

Eis os motivos elencados no decreto para o fechamento:

  • verificação de aglomerações nos últimos dias na Esplanada dos Ministérios, que contrariam as medidas sanitárias de combate ao novo coronavírus;
  • identificação de conteúdos anticonstitucionais em parte das manifestações realizadas;
  • identificação de ameaças declaradas por alguns dos manifestantes aos Poderes constituídos;
  • entendimento de que “a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar uma maior proliferação da doença no Distrito Federal”.

De acordo com o documento, o acesso aos prédios públicos federais localizados na Esplanada somente será permitido a autoridades e servidores públicos federais devidamente identificados.

A medida vem depois do emedebista ter sido alvo de ataques nas redes sociais por manifestantes de grupos de bolsonaristas e produtores ruais que tiveram hoje acampamentos desmontados por agentes de fiscalização do Distrito Federal. Eles estavam acampados há mais de 1 mês na Esplanada dos Ministérios.

Em vídeo que circula nas redes sociais, 1 produtor rural, de nome não identificado, ameaça o governador e diz que pretende descobrir “os podres” de Ibaneis e colocá-lo “no seu devido lugar”.

Clique AQUI e assista o vídeo

Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de PrivacidadeTermos)

Além dos ataques nas redes sociais ao governador, integrantes do 300 Brasil subiu no telhado do Congresso Nacional na tarde deste sábado (13.jun) e ameaçaram invadir o Senado.

Clique AQUI e assista o vídeo

Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de PrivacidadeTermos)

Após a repercussão do vídeo, Ibaneis disse que não aceitará ameaças de bolsonaristas e, segundo ele, o autor do vídeo já está sendo identificado e deverá ser preso.

“Sempre respeitei todo tipo de manifestações no meu governo, mesmo quando houve algum tipo de irregularidade, como o desrespeito à determinação do uso de máscaras ou distanciamento social. Nunca reprimi. Mas não admito ameaças”, afirmou ao jornal Correio Braziliense.