O ministro chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, nomeou Carlos Roberto Fortner para exercer o cargo de diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). Ex-presidente dos Correios no governo de Michel Temer, Fortner é mais um nome apadrinhado pelo Centrão e assumirá o cargo no lugar de Marcelo Amaro Buz, que foi exonerado. A troca foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União desta quarta-feira, 3.

Engenheiro civil, Fortner assumiu os Correios em maio de 2018, por indicação do então ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, hoje presidente do PSD. Na época, ele substituiu Guilherme Campos, que deixou o cargo para disputar eleições.

A substituição de Amaro Buz por Fortner revela nova correlação de forças no governo. Sai um indicado pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), e entra um afilhado político do PSD de Kassab.

Em mais uma portaria, também publicada na edição extra do Diário Oficial desta quarta-feira, José Camilo de Oliveira Nagano – outro indicado pelo PSD de Kassab – foi nomeado para assumir a diretoria de Infraestrutura de Chaves Públicas do ITI. O atual ocupante do cargo, Eduardo Magalhães de Lacerda Filho, foi exonerado.