© Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira um linha de crédito emergencial de R$ 40 bilhões para que pequenas e médias empresas possam pagar salários dos seus trabalhadores por dois meses em meio à crise causada pelo coronavírus.

Acompanhe nossa cobertura sobre o coronavírus.
Últimas notícias, perguntas e respostas e como se cuidar.

O programa deve atender 1,4 milhão de empresas e 12,2 milhão de de pessoas. O financiamento servirá para pagar uma remuneração de até dois salários mínimos por trabalhador.

O juros desses empréstimos serão de 3,75% ao ano, com carência de seis meses para início do pagamento, e prazo de 36 meses.

Empresas que usarem essa linha de crédito não poderão demitir por dois meses. A empresa vai fechar o contrato com o banco, mas o dinheiro vai cair na conta do funcionários.

Veja também no BOONDE News:

FOGO AMIGO QUEIMANDO TUDO (BOONDE News)

Coronavírus: Por que população não deve seguir pronunciamento de Bolsonaro (UOLNoticias)

Prefeito de São Bernardo e deputada estão com coronavírus (Estadão)

Maia: 'Investidores da bolsa querem o fim do isolamento' (Estadão)