O prefeito de Recife, Geraldo Júlio (PSB), anunciou que passará a oferecer cestas básicas no kit alimentação para todas as famílias de alunos da rede municipal de ensino.

Recife tem mais de 90 mil estudantes matriculados em escolas, creches, turmas regulares, escolas integrais e Educação de Jovens e Adultos (EJA), na rede municipal.

Na última semana, os kits que já eram entregues somavam 270 toneladas e, com esse incremento, a nova entrega irá somar mil toneladas em alimentos. A cesta básica contém alimento suficiente para 15 dias de consumo, incluindo itens como cereais e insumos proteicos com o valor nutricional e a segurança alimentar necessária para a nutrição dos estudantes.

Veja também no BOONDE News:

FOGO AMIGO QUEIMANDO TUDO (BOONDE News)

Coronavírus: Por que população não deve seguir pronunciamento de Bolsonaro (UOLNoticias)

Prefeito de São Bernardo e deputada estão com coronavírus (Estadão)

Maia: 'Investidores da bolsa querem o fim do isolamento' (Estadão)

Além dos kits alimentares, cada pai ou responsável pelo aluno também recebe um kit limpeza (sabão, desinfetante, água sanitária e detergente) e os estudantes receberão material pedagógico para auxiliar na continuidade dos estudos em suas residências.

Na última semana, os estudantes receberam a indicação do Catálogo de Aplicativos e Sites Assistivos, que traz uma seleção de jogos, softwares e interfaces digitais para serem utilizadas em celulares, tablets, notebooks e computadores em geral.

Para os próximos 15 dias, os estudantes receberão materiais como CDs e DVDs educativos, além de livros e apostilas.

Plano Municipal de Contingenciamento

Geraldo Júlio desenvolveu um Plano Municipal de Contingenciamento ao COVID-19 em Recife que já soma 112 ações de combate ao vírus.

No fim da última semana foram anunciadas 20 novas ações, entre elas a contratação temporária de 194 novos profissionais de saúde, sendo 15 médicos para a Atenção Básica e 179 voltados para os novos leitos de UTI e retaguarda.

Houve também o pedido de retorno à prefeitura de todos os profissionais das áreas de saúde, assistência social, defesa civil, limpeza urbana e guarda municipal cedidos a outros órgãos, com exceção daqueles que já estão atuando nos Planos Nacional ou Estadual de Contingência, além da criação de 20 vagas de isolamento domiciliar no Abrigo Emergencial do município para a população em situação de rua.

A prefeitura irá lançar também um hotsite informativo com a disponibilização de material educativo para a população utilizar nas redes sociais e alertar os demais sobre a prevenção e combate ao coronavírus.