A falta de oposição vem fazendo o grupo da Prefeita Almira Garms (PSDB) se solidificar no município da Estância de Paraguaçu Paulista, Estado de São Paulo. Ontem segunda-feira (2) sua base aprovou o Projeto de Lei 007/2020 que destina R$ 626.380,50 (Seiscentos e Vinte e Seis Mil, Trezentos e Oitenta Reais e Cinquenta Centavos) para conclusão do Paço Municipal da cidade.

É fato. O local onde funciona hoje (provisoriamente) não é decentemente adequado para prestação de serviços aos munícipes, porém existem prioridades na Saúde e na Educação que precisariam estar supridas para que a Administração pudesse realizar esse gasto de mais de meio milhão de reais.

Numa crise igual a que estamos vivenciando no país, manter a saúde das finanças públicas é um dever que deve ser tratado em conjunto entre Executivo e Legislativo, isso é o que a população espera e anseia. Todos aqueles que trabalham de sol a sol e não têm tempo de acompanhar o trabalho do Prefeito, conta com seus representantes eleitos “Vereadores” para que esses façam esse trabalho.

Veja também:

PARAGUAÇU PTA TERÁ GASTO MILIONÁRIO PARA ABASTECER SUA FROTA (BOONDE News)

VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO – O DESCOMPROMISSO DE UMA GESTÃO (BOONDE News)

Onyx exonera secretário do Esporte e nomeia padrinho de casamento de Flávio Bolsonaro (CBN – Globo)

Netanyahu vence eleições, mas sem maioria (Agência Brasil)

A Prefeita Almira Garms deu uma “lavada” no quesito bastidor. Sua equipe trabalhou com maestria, colocando seus músicos “Vereadores” no lugar certo e com o instrumento afinado. Uma verdadeira sinfonia. Para a oposição restou apenas fazer seu discurso apático, sem força e que para quem olha de fora fica o sentimento de que há uma conformidade com aquilo que vem do Executivo.

Não existe articulação da oposição, isso se é que existe uma no município. O que existe são egos inflados com a chegada das eleições, verdadeiros pavões que não conseguem articular um grupo opositor. E então, vem nossa pergunta: Como essas pessoas acreditam poder salvar o município, quando sequer conseguem articular uma oposição forte contra os desmandos da administração?

Votaram a favor do Projeto 007, sete vereadores que autorizaram a Prefeita Almira Garms (PSDB) a gastar R$ 626.380,50 (Seiscentos e Vinte e Seis Mil, Trezentos e Oitenta Reais e Cinquenta Centavos). Veja abaixo como foi a votação:

Resultado da Votação: Aprovado

Clique AQUI e tenha acesso ao link para o Projeto de Lei 007, de 21de fevereiro de 2020 na integra

Foto: explicativo para acessar o Projeto 007/2020

Se algum dos propensos candidatos desejarem responder a esse nosso questionamento fiquem a vontade. Encaminhem seu texto para o e-mail reportagem@boonde.com.br que estaremos colocando em nossa próxima edição.

Ser democrático, levar a informação sem maquiagem é o dever de todos nós que estamos à frente dos veículos de comunicação.