No final de 2017 e no decorrer do ano de 2018 a população brasileira estava em êxtase  com o combate à corrupção. Ainda nesse período elegeram como Xerife da nação o ex-Juiz e hoje Ministro da Justiça Sérgio Moro, este devido o seu trabalho na Lava Jato, faz com que muitos tenham a crença de que o país irá melhorar.

Passados mais 12 meses do mandato de Bolsonaro, estamos vivendo uma apatia e uma inércia na economia brasileira. Muitos irão dizer “mais isso está ocorrendo no mundo todo”. Fato, porém os Chefes de Estado do mundo todo estão trabalhando para modificar o rumo de sua nação.

O mesmo não ocorre em nosso país. Possuímos um Presidente que se vangloria “de não entender de economia”. Alega sempre que isso é problema do seu Ministro da Economia, aquele que em 2018 tornou-se o “Posto Ipiranga” que atende pelo nome de Paulo Guedes. Fato é que mesmo que o Presidente não entenda patavina nenhuma de economia, passados 12 meses no comando de uma nação, querendo ou não passa ser sua obrigação entender dos principais assuntos que podem mexer com a vida daqueles que o elegeu.

Recentemente seu Ministro da Economia deu uma declaração descabida caso  “empregada doméstica e a Disney” e mais uma vez fingiu não ter responsabilidade, fazendo aquilo que faz melhor - que é não fazer nada. Hoje uma reportagem da UOL trouxe a público aquilo que a grande maioria da população desejava acabar:  atos de corrupção e vantagens indevidas, quando o elegeu em 2018, e o mesmo acontece - nenhuma palavra.

Veja também:

UMA FONTE SEM BRILHO (BOONDE News)

Guedes diz que câmbio a R$ 1,80 permitia a doméstica ir à Disney  (TV Globo e G1)

ASFALTO NOVO – VILA PRIANT PARTE II (BOONDE News)

MATÉRIA UOL  - Jetons na Economia (UOL – Caderno POLITICA)

Não existe por parte do Governo, nem por parte de seu Ministro da Economia nenhuma ação concreta para a retomada da economia. O que existe no Governo são arranjos que estão beneficiando pessoas próximas, seja do Presidente ou de seus Ministros para acharcarem descaradamente os cofres públicos, deixando com isso o PT, aquele partido onde orbita apenas corruptos, anos luz para trás.

A falta de pudor tomou conta de Brasília. Em reportagem Jetons na Economia do UOL caderno de POLÍTICA esmiuçou como funcionários do Ministério da Economia, ou seja, aqueles que deveriam estudar meios para economizar recursos no país, fizeram em 2019 a “Farra do Boi”

Os jetons na Economia

Nove funcionários no entorno do ministro Paulo Guedes receberam jetons. Sete conseguiram super-salários com o adicional vindo de estatais e do sistema “S”.

Existe uma distância grande que separa as classes de empregados do país da classe dominante, porém essa distância se amplia mais quando pessoas que não possuem critério na condução dos assuntos políticos e econômicos do país, passam a trabalhar para que a desigualdade social se torne algo irreversível no futuro.