O município da Estância Turística de Paraguaçu foi agraciado pelo Governo do Estado de São Paulo com uma reforma de sua unidade prisional, popularmente conhecida no município como “cadeia pública”.

O Governo do Estado e a gestão atual do município ambos do mesmo partido – PSDB – possuem  uma visão de governabilidade parecida no trato de itens relacionados com a segurança pública e o sistema educacional, Itens que interferem diretamente na vida dos cidadãos.

Cadeia Pública - Sua reforma é algo relevante uma vez que nossos valorosos policiais necessitam de um local digno para prestarem um excelente serviço à população. Ressaltamos que melhor do que reformar cárceres é ampliar e construir mais escolas. Milhões foram gastos nesse empreendimento “reforma da cadeia pública” enquanto o Governo, assim como a gestão municipal tratam os profissionais da Educação ”Professores“ com descaso, seja na questão de salário ou em humanizar e melhorar as condições de trabalho da categoria. Caso houvesse por parte dos Governantes um entendimento de que só pela EDUCAÇÃO é possível mudar o país, prédios iguais a esses não precisariam ser erguidos ou reformados.

Posto de Sementes -- Enquanto o Governador reforma e amplia prédios prisionais “segundo ele” melhorando o combate aos marginais, temos no município de Paraguaçu Paulista, algo que demonstra como a Gestão pública pode ser falha e que mostra a falta de comprometimento por parte daqueles que se dizem “gestores” para com a coisa pública, proporcionando prejuízos à sociedade.

A foto que demonstra o local “Posto de Sementes” é de hoje sexta-feira (15) dia da Proclamação da República. Caso não existir por parte do Governo do Estado ou pela Prefeitura Municipal a limpeza deste local, brevemente algum diretor de renome, poderá requisitar o local para rodar uma cena de filme de terror colocando o município e o Estado de São Paulo no mundo cinematográfico.

O que importa nisso tudo não é a grandiosidade da obra “reforma da cadeia” ou a cena de terror “fundos do Posto de Sementes”. O que importa é que, se a sociedade não se organizar e não passar a cobrar de seus políticos que cuidem melhor do Estado, do Município e do País, seja o BOONDE News ou qualquer outro veículo de comunicação continuará mostrando essas cenas lamentáveis. E o pior, caso a população não mude seu entendimento, isto ainda poderá um dia ser visto como normal e ai.... ai será tarde demais para desejarmos mudanças.